Receita: kibe de berinjela

Faz tempo que quero postar receitas. Mas essa vida de mãe, trabalhadora e ativista tem me deixado sem tempo! E eu adoro descorbrir receitas gostosas, leves, práticas e saudáveis. Ok, nem sempre a gente consegue reunir todas essas qualidades num único prato. O fato é que eu adoro comer bem, e fico muito feliz quando posso compartilhar receitas gostosas para o dia-a-dia.

Sempre gostei de comidas árabes. Depois que parei de comer carne, fiquei um tempo sem comer kibe (no geral esse prato é feito com carne moída). Daí que nessas andanças eu descobri que é possível fazer um bom kibe… de berinjela! E por incrível que pareça é uma receita vegana! Bom demais, hein? Anote os ingredientes e vamos pra cozinha!

Kibe assado de berinjela

Ingredientes

1 xícara de trigo pra kibe
2 berinjelas médias ou 3 pequenas ou uma bem grandona
1 xícara de nozes (ou a castanha de sua preferência) picadas grosseiramente
1 xícara do tempero fresco de sua preferência (salsinha, cebolinha, hortelã ou coentro – pode escolher uma erva ou misturar as que você achar melhor)
1 cebola média
Sal, pimenta síria, pimenta do reino, noz moscada a gosto
Azeite a gosto para refogar

Modo de preparo

Primeiro hidrate o trigo pra Kibe com água filtrada fria – deixe de um dia para o outro, de preferência. Pela manhã, deixe o trigo hidratado escorrer lentamente numa peneira. Dizem os sábios que assim o trigo fica mais fácil de ser trabalhado, inclusive se você mudar de ideia e resolver fazer um tabule. Eu já acelerei o processo de hidratação com água morna, mas o kibe fica meio molenga, enfim, vai do seu tempo e da sua vontade de comer kibe. Não desista! Reserve o trigo hidratado e vá para a berinjela.

Lave bem a berinjela e corte em cubinhos. Aproveite que você está com a faca na mão e já corte a cebola e as ervas. Adoro cebolinha e salsinha! Geralmente uso essas duas para esse prato. Tem gente que usa hortelã. Tem gente que usa coentro. Mas enfim, vai do gosto de cada um. Corte a cebola em quadradinhos, mas se tiver sem muita paciência corta no meio e faça meia-luas com cada uma das metades. Aproveite para picar as nozes: minha sugestão é pegar um pano de prato limpo, colocar as nozes lá dentro e bater com um objeto pesado (pode ser um martelo de carne, por exemplo). Só não vá se empolgar porque, né, você não quer uma farinha de nozes, você quer nozes em pedaços que possam ser identificados ao chegarem na boca!! rsrsrsrsrs

Pronto, o trabalho chato já foi (bem, pra mim é a parte chata, eu gosto é de sentir o cheiro da panela no fogo!). Agoro pegue uma panela, jogue uma quantidade generosa de azeite e refogue primeiro a cebola, depois os temperos (verdes), o sal, depois as pimentas, a noz moscada e talz (se você curtir) e por fim a berinjela. Deixe a berinjela amolecer bem no fogo, com esses temperos. Pode colocar pouca água, só pra não grudar. Após cozinhar bastante e mudar de cor (ficar bem escura) coloque a berinjela no liquidificador ou no mixer, o que você tiver aí mais fácil. Tá vendo porque nem precisava cortar tanto a cebola?!? Talvez no liquidificador você precise jogar um pouco de água pra não travar as lâminas.

—–>Ah! Um detalhe pra você que tem fome e tem pressa: você pode pular toda essa cortação de legume e jogar a berinjela cortada ao meio, na panela de pressão, com pouca água. Em pouco tempo ela estará cozida e se soltará facilmente da casca, caso você não queira comer a casca da berinjela. Mas eu prefiro refogar os cubinhos no azeite, acho que pega melhor o tempero, pelo menos é minha impressão. <—–

Após bater a massa da berinjela, junte-a com o trigo hidratado numa tigela grande. Após dar uma bela misturada, acrescente as castanhas e misture mais um pouco. Após obter uma massa homogênea, coloque um pouco de azeite no fundo de um tabuleiro onde possa caber toda a massa (no geral é um tabuleiro pequeno porque a massa fica toda apertada dentro da fôrma). Após colocar a massa, faça marcas com o garfo ou decore com folhinhas inteiras das ervas, castanhas pela metade, ou como quiser.

Coloque o kibe para assar em forno baixo, por 20 a 40 minutos, ou até secar a massa e criar uma ligeira casquinha por cima. O tempo varia com a hidratação do trigo, as vezes fica uma massa muito molhada, demora mais pra secar. Bom, pelo menos pra mim, que vou fazendo a receita mais ou menos no olho, deu certo. Bom apetite!

Anúncios

Um comentário sobre “Receita: kibe de berinjela

Os comentários estão desativados.