Produtos orgânicos terão selo federal

Já estava demorando: a partir de 2010 os produtos orgânicos terão um selo do governo federal, o que vai facilitar a identificação desses produtos no mercado. Os produtos serão certificados pelo Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SISOrg).

A notícia é muito boa, ajuda a dar mais credibilidade aos produtores orgânicos e dá mais segurança pra quem está pagando caro por essa saudável opção! Resta saber se um dia teremos enfim produtos orgânicos com valores mais competitivos. Atualmente, pra levar uma fruta orgânica pra casa gasta-se duas ou três vezes mais o preço de uma produzida nos moldes convencionais. Essa pesquisa não é nada científica, eu to chutando uma média com base nos preços do supermercado Pão de Açúcar perto de casa, aqui em Brasília, não sei como é em outros estados.

A Secretaria de Comunicação da Presidência da República informa que os requisitos para a utilização do selo foram publicados no Diário Oficial da União, em portaria desta sexta-feira (6). O uso do selo está sujeito à verificação com as normas regulamentadas pelo Organismo de Avaliação da Conformidade (OAC), credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O governo também teve a feliz iniciativa de lançar um site sobre orgânicos, no endereço www.prefiraorganicos.com.br. Lançado no último dia 28 de outubro, o endereço eletrônico registrou mais de dois mil acessos em 10 dias. Os internautas brasileiros representaram 80% das entradas, com 1.675 visitas, principalmente de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O site também despertou interesse de franceses, americanos, portugueses, alemães e italianos.

É minha gente! Agora só falta o governo inventar um selo pra identificar os produtos que têm origem ou compostos de organismos geneticamente modificados (também conhecidos como “trangênicos”). Vamos torcer!

Esse artigo bem que merece ser replicado no Ecoblogs, não?! Será que alguém já divulgou essa excelente iniciativa por lá? Bora pessoal, bora divulgar que notícia boa é pra circular.

Anúncios